##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Luis Carlos Ferreira dos Santos

Resumen

O texto apresenta uma Filosofia Africana da Educação a partir da cartografia da encruzilhada das Filosofias africanas. O tímido diálogo dasfilosofias a partir das experiências africanas na filosofia da educação brasileira se evidencia no combate ao negro-africano no projeto políticobrasileiro. Portanto, problematiza o enclausuramento epistemológico desde a cartografia da encruzilhada na crítica e superação do semiocídiocultural e do epistemicídio, apontando uma descolonização no sentido do educar.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Palabras Clave

Filosofia africana, Filosofia da Educação Brasileira, Cartografia da Encruzilhada

Referencias
CARNEIRO, Sueli. A construção do outro como não-ser como fundamento do ser. 2005. 339 f. Tese (Doutorado em Educação) – Faculdade de Educação, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2005.

DELEUZE, Gilles; GUATTARI, Félix. Mil Platôs: Capitalismo e esquizofrenia, vol.1. São Paulo: Ed. 34, 1995.

______. Mil Platôs: Capitalismo e esquizofrenia, vol.3. São Paulo: Ed. 34, 1996. ______. O que é a filosofia? Tradução de Bento Prado Jr. E Alberto Alonso Muñoz. Rio de Janeiro: Ed. 34, 1992.

FANON, Frantz. Os Condenados da Terra. Juiz de Fora: Editora UFJF, 2005.
____________. Pele Negra, Máscara Brancas. Salvador: EDUFB, 2008.

GLISSANT, Édouard. Poética da Relação. Portugal: Porto Editora, 2011.

________________. Philosophie de la Relation: poésie en étendue. Paris: Éditions Gallimard, 2009.

GOMES, Nilma Lino. (org.). Um olhar além das fronteiras: educação e relações raciais. Belos Horizonte: Autêntica, 2007.

HOUNTONDJI, Paulin. African Philosophy: myth and reality. Indiana University Press.Bloomington and Indianapolis, 1983.

LUZ, Marcos Aurélio de Oliveira. Agadá: Dinâmica da Civilização Africano Brasileira. 2ª Edição. Salvador: Editora EDUFBA, 2000

MBEMBE, Achille. Políticas da Inimizade. Portugal: Antígona, 2017.

MALDONADO-TORRES,Nelson. A topologia do ser e a geopolítica do conhecimento. Modernidade, império e colonialidade. In SANTOS, Boaventura de Sousa; MENESES, Maria Paula (orgs.). Epistemologias do Sul. São Paulo: Cortez, 2010, pp.196-443.

MUDIMBE, V. Y. A Ideia de África. Portugal: Edições Pedago, 2013.

NASCIMENTO, Wanderson Flor do; FULGÊNCIO, Cristiane Alarcão. Bioética de Intervenção e Justiça: olhares desde o Sul - Intervention Bioethics and Justice: Looks from the South, Revista Brasileira de Bioética 2012;8 (1-4): 46-55, 2013. In: file:///C:/Users/Luis%20Carlos/Downloads/67-219-1-PB%20(1).PDF. Acesso: 20/07/2021

NGOENHA, Elias. Das Independências às liberdades. São Paulo: Paulinas, 2014.

__________. O retorno do Bom Selvagem: uma perspectiva filosófica africana do problema ecológico. Porto: Edicções Salasianas, 1994.OLIVEIRA, Eduardo David. Filosofia da Ancestralidade: Corpo e Mito na Filosofia da Educação Brasileira. Curitiba: Editora gráfica Popular, 2007.

____________. Cosmovisão Africana no Brasil: elementos para uma filosofia Afrodescendente. 3ª. ed. Curitiba: Editora Gráfica Popular, 2006

RAMOSE, Mogobe B.Sobre a Legitimidade e o Estudo da Filosofia Africana. Rio de Janeiro: Estudos Filosóficos- Revista de Filosofia, 2011.

RONILK, Suely. Cartografia sentimental: transformações contemporâneas do desejo. Porto Alegre: Sulina; Editora da UFRGS, 2011.

SANTOS, Luís Carlos Ferreira dos. O poder de matar e a recusa em morrer: filopoética afrodiaspórica como arquipélago de libertação. 236 f.: il. Tese (Doutorado Multi-institucional e Multidisciplinar em Difusão do Conhecimento) - Universidade Federal da Bahia. Faculdade de Educação, Salvador, 2019.

____________________. (2014) Justiça como Ancestralidade: em torno de uma filosofia da educação no Brasil. 2014. 192 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Faculdade de Educação, Universidade Federal da Bahia, Salvador, 2014.

SODRÉ, Muniz. A Verdade Seduzida: por um conceito de cultura no Brasil. Rio de Janeiro: Livraria Francisco Alves Editora S.A., 1988.
Cómo citar
Ferreira dos Santos, L. C. (2022). Filosofia africana da educação: por uma cartografia da encruzilhada. Cuadernos De Filosofía Latinoamericana, 43(126). https://doi.org/10.15332/10.15332/25005375
Sección
Dossier: Filosofía y Educación en América Latina