Correlação entre agilidade e variáveis associadas à saúde em estudantes espanhóis

Autores/as

  • Walcir Ferreira Lima Universidade Estadual do Norte do Paraná
  • Flávia Évelin Bandeira Lima Valério Universidade Estadual do Norte do Paraná
  • Carlos Daniel Freire Moreira Universidade Estadual do Norte do Paraná
  • Igor Moura Lima de Matos Universidade Estadual do Norte do Paraná
  • Juan Pedro Fuentes García Universidad de Extremadura
  • Silvia Bandeira da Silva Lima Universidade Estadual do Norte do Paraná

Palabras clave:

destreza motora, saúde do adolescente, instituições acadêmicas

Resumen

Esta investigação tem por objetivo analisar os níveis de agilidade e as possíveis associações com variáveis independentes relacionadas à saúde em estudantes de Cáceres na Espanha. Participaram do estudo 360 estudantes de ambos os sexos, de 11 a 16 anos de idade, residentes do município de Cáceres na Espanha. Foi utilizado para a avaliação o teste de corrida Shuttle Run, em que se permitiu estipular o componente motor agilidade em segundos, sendo classificados em cinco categorias (excelente, bom, médio, regular ou fraco). A análise dos dados foi realizada por meio do software IBM SPSS Statistics 27.0.1. Os resultados indicaram que a maioria (80,9%) dos escolares apresentou baixo nível de agilidade, além de alto índice de obesidade geral e comportamento sedentário. A obesidade abdominal não mostrou associação com o nível de agilidade nesta pesquisa. Espera-se que os resultados encontrados possam contribuir para novas contextualizações/reflexões sobre os impactos na saúde resultantes de um nível baixo de agilidade.

Biografía del autor/a

Walcir Ferreira Lima, Universidade Estadual do Norte do Paraná

Doutor em Atividade Física e Saúde. Docente no curso de Educação Física, Universidade Estadual do Norte do Paraná, Brasil.

Flávia Évelin Bandeira Lima Valério, Universidade Estadual do Norte do Paraná

Doutora em Ciências do Movimento Humano. Docente no Curso de Educação Física, Universidade Estadual do Norte do Paraná, Brasil.

Carlos Daniel Freire Moreira, Universidade Estadual do Norte do Paraná

Licenciado em Educação Física, Universidade Estadual do Norte do Paraná, Brasil.

Igor Moura Lima de Matos, Universidade Estadual do Norte do Paraná

Licenciado em Educação Física, Universidade Estadual do Norte do Paraná, Brasil.

Juan Pedro Fuentes García, Universidad de Extremadura

Doutor em Ciencias del Deporte. Facultad de Ciencias del Deporte Universidad de Extremadura, Espanha.

Silvia Bandeira da Silva Lima, Universidade Estadual do Norte do Paraná

Doutor em Atividade Física e Saúde. Docente no Curso de Educação Física, Universidade Estadual do Norte do Paraná, Brasil.

Citas

American Academy of Pediatrics. (2001). American Academy of Pediatrics: Children, adolescents, and television. Pediatrics, 107(2), 423-426.

Arvidsson, D., Slinde, F. & Hulthen, L. (2005). Physical activity questionnaire for adolescents validated against doubly labelled water. European journal of clinical nutrition, 59(3), 376-383. https://doi.org/10.1038/sj.ejcn.1602084

Barbanti, V. J. (2010). Treinamento esportivo: as capacidades motoras dos esportistas. Manole.

Bergmann, G. G., Tassitano, R. M., de Araújo Bergmann, M. L., Tenório, M. C. M. & Mota, J. (2018). Screen time, physical activity and cardiovascular risk factors in adolescents. Revista Brasileira de Atividade Física & Saúde, 23, 1-12. https://doi.org/10.12820/rbafs.23e0008

Canesin, P. A. V. (2016). Protocolos de aplicação e interpretação de testes motores. [dissertação de mestrado]. Universidade Norte do Paraná. http://kr-pgss-dissertacoes.s3.amazonaws.com/b819fae55da2ed92fdca0de36bc9a96b.pdf

Cipriano, D., Cipriano, D., Graup, S., Menna Barreto Dias, S., Soares Nunes, J., Xavier Fialho, C. & Vilanova Ilha, P. (2019). Nível de agilidade e velocidade de escolares. Anais do Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão, 11(2). https://periodicos.unipampa.edu.br/index.php/SIEPE/article/view/104077

Cole, T. J., Bellizzi, M. C., Flegal, K. M. & Dietz, W. H. (2000). Establishing a standard definition for child overweight and obesity worldwide: International survey. BMJ, 320(7244), 1240. https://doi.org/10.1136/bmj.320.7244.1240

De Rose Jr, D. (2009). Esporte e atividade física na infância e na adolescência: uma abordagem multidisciplinar. Artmed Editora.

Feltrin, G. B., Vasconcelos, F. D. A. G. D., Costa, L. D. C. F. & Corso, A. C. T. (2015). Prevalence and factors associated with central obesity in schoolchildren in Santa Catarina, Brazil. Revista de Nutrição, 28, 43-54. https://doi.org/10.1590/1415-52732015000100004

Ferreira, L. & Gobbi, S. (2003). Agilidade geral e agilidade de membros superiores em mulheres de terceira idade treinadas e não treinadas. Revista Brasileira de Cineantropometria & Desempenho Humano, 5(1), 46-53. https://periodicos.ufsc.br/index.php/rbcdh/article/view/4006/3403

Ferreira-Lima, W. (2017). Asociación entre el ambiente obesogénico y síndrome metabólico en adolescentes en países de diferente índice de desarrollo humano (IDH) [tese de doutorado]. Universidad de Extremadura. http://hdl.handle.net/10662/6303

Ferreira-Lima, W., Da Silva-Lima, S. B., Lima, F. É. B., Lima, F. B., Fernandes, C. A. M. & García, J. P. F. (2020). Fatores de risco cardiovascular em estudantes de 11 a 16 anos em Paranavaí (Brasil) e Cáceres (España). Revista Andaluza de Medicina del Deporte, 13(2), 81-86. https://doi.org/10.33155/j.ramd.202.04.003

Ferreira-Lima, W., Silva-Lima, S. B. da, Bandeira-Lima, F. Évelin, Bandeira-Lima, F., Molena-Fernandes, C. A., Mota, J. A. P. da S. & Fuentes, J. P. (2018). Indicadores associados à obesidade abdominal em estudantes brasileiros e espanhóis de 11 a 16 anos de idade. RBONE ― Revista Brasileira de Obesidade, Nutrição e Emagrecimento, 12(74), 756-766. http://www.rbone.com.br/index.php/rbone/article/view/788

Ferreira-Lima, W., Silva-Lima, S. B., Bandeira-Lima, F. E., Bandeira-Lima, F., Santos, A., Andaki, A. C., Mota, J., Molena-Fernandes, C. A. & Fuentes, J. P. (2020). Study of the high prevalence and cardiovascular risk factors: Students aged 11 to 16 years from Caceres-Spain and Paranavaí-Brazil. Archivos de medicina del deporte, 37(200), 372-378. https://doi.org/10.18176/archmeddeporte.00011

Fofonka, E. B. (2016). Perfil da aptidão física de atletas iniciantes praticantes de Judô [trabalho de conclusão de curso]. Universidade Federal do Rio Grande do Sul. http://hdl.handle.net/10183/147983

Franco, D. C., Ferraz, N. L. & Sousa, T. F. D. (2019). Sedentary behavior among university students: A systematic review. Revista Brasileira de Cineantropometria & Desempenho Humano, 21, e56485. https://doi.org/10.5007/1980-0037.2019v21e56485

González-Víllora, S., Pastor-Vicedo, J. C. & Cordente, D. (2015). Relative Age Effect in UEFA Championship Soccer Players. Journal of human kinetics, 47, 237-248. https://doi.org/10.1515/hukin-2015-0079

Guedes, D. P., Lopes, C. C. & Guedes, J. E. R. P. (2005). Reprodutibilidade e validade do Questionário Internacional de Atividade Física em adolescentes. Revista brasileira de medicina do esporte, 11, 151-158. https://doi.org/10.1590/S1517-86922005000200011

Hagströmer, M., Bergman, P., De Bourdeaudhuij, I., Ortega, F. B., Ruiz, J. R., Manios, Y., Rey-López, J., Phillipp, K., Von Berlepsch, J. & Sjöström, M. (2008). Concurrent validity of a modified version of the International Physical Activity Questionnaire (IPAQ-A) in European adolescents: The HELENA Study. International Journal of Obesity, 32(5), S42-S48. https://doi.org/10.1038/ijo.2008.182

Johnson, B. L. & Nelson, J. K. (1969). Practical Measurements for Evaluation in Physical Education. Burgess Pub. Co.

Kondapalli, A., Devpura, G., Manohar, S., Kumar, S., Perakam, S., Suma, K. V. S. & Touqeer, S. A. (2019). Agility and upper limb speed in normal, overweight and obese adolescents of Hyderabad. International Journal of Health Sciences and Research, 9(5), 102-108. https://www.ijhsr.org/IJHSR_Vol.9_Issue.5_May2019/17.pdf

Lima, T. R. D., Moraes, M. S., Andrade, J. H. C., Farias, J. M. D. & Silva, D. A. S. (2020). Fatores associados à presença isolada e simultânea de excesso de peso e obesidade abdominal em adolescentes. Revista Paulista de Pediatria, 38, e2018332. https://doi.org/10.1590/1984-0462/2020/38/2018332

Maia, J. (1999). A ideia de aptidão física. Conceito, operacionalização e implicações. Boletim Sociedade Portuguesa de Educação Física, (17-18), 17-30. https://boletim.spef.pt/index.php/spef/article/view/206/193

Menezes, G. D. B. (2020). Relação entre coordenação motora e agilidade em jovens jogadores de futebol [dissertação de mestrado]. Universidade Federal do Rio Grande do Norte. https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/30617

Moraes, A. C. F. (2011). Fatores associados à obesidade em adolescentes. [dissertação de mestrado]. Faculdade de Medicina, Universidade de São Paulo, São Paulo. https://doi.org/10.11606/D.5.2011.tde-07102011-120356

Moura, A. R. L. I., da Silva, J. G., de Brito Gomes, J. L. & de Moraes, J. F. V. N. (2020). Associação entre o nível de atividade física, índice de massa corporal e agilidade de escolares. Cadernos de educação, saúde e fisioterapia, 7(15), e071503. https://doi.org/10.18310/2358-8306.v7n15.a3

Mughal, A. W., Shah, I. & Khan, A. Q. (2020). Correlation of body mass index with selected physical fitness parameters among adolescents of Khyber Pakhtunkhwa, Pakistan. The Spark a Hec Recognized Journal, 4(1), 99-104. https://journal.suit.edu.pk/index.php/spark/article/view/468

Pekel, H. A. & Kamis, O. (2018). 14 Yaş Altı Atletlerde Bağıl Yaş Etkisi. Gazi Beden Eğitimi ve Spor Bilimleri Dergisi, 23(3), 153-162. https://dergipark.org.tr/en/pub/gbesbd/issue/38050/418907

Queiroz, W. R., de Souza Vale, R. G., Silva, L. L., Pernambuco, C. S., Nunes, R. A. M. & Seixas-da-Silva, I. A. (2019). Comparação dos níveis de agilidade em crianças em idade escolar praticantes e não praticantes de judô: um estudo seccional. Revista de Educação Física/Journal of Physical Education, 88(3), 904-910. https://doi.org/10.37310/ref.v88i3.844

Regis, M. F., Oliveira, L. M. F. T. D, Santos, A. R. M. D., Leonidio, A. D. C. R., Diniz, P. R. B. & Freitas, C. M. S. M. D. (2016). Urban versus rural lifestyle in adolescents: Associations between environment, physical activity levels and sedentary behavior. Einstein (São Paulo), 14, 461- 467. https://doi.org/10.1590/S1679-45082016AO3788

Saikawa, A. L. D. S. (2020). Associação entre as características individuais, do ambiente escolar e da atividade física com a aptidão física de escolares [dissertação de mestrado]. Universidade Tecnológica Federal do Paraná. http://repositorio.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/24684

Santos, A. R., Arcari, G., Zechin, E. J., Parada, K. & Júnior, M. F. (2018). Aptidão física de escolares: estudo sobre velocidade e agilidade. RBPFEX-Revista Brasileira de Prescrição e Fisiologia do Exercício, 12(73), 240-246. http://www.rbpfex.com.br/index.php/rbpfex/article/view/1375

Silva Filho, J. N., de Maio Godoi, M. M. I. & de Godoi, J. R. D. M. (2017). Associações entre o índice de massa corporal e a agilidade em crianças e adolescentes. Revista Cubana de Medicina Militar, 46(4). http://revmedmilitar.sld.cu/index.php/mil/article/view/66

Strong, W. B., Malina, R. M., Blimkie, C. J., Daniels, S. R., Dishman, R. K., Gutin, B., Hergenroeder, A. C., Must, A., Nixon, P. A. & Pivarnik, J. M. (2005). Evidence based physical activity for school-age youth. The Journal of pediatrics, 146(6), 732-737. https://doi.org/10.1016/j.jpeds.2005.01.055

Taylor, R. W., Jones, I. E., Williams, S. M. & Goulding, A. (2000). Evaluation of waist circumference, waist-to-hip ratio, and the conicity index as screening tools for high trunk fat mass, as measured by dual-energy X-ray absorptiometry, in children aged 3-19 y. The American journal of clinical nutrition, 72(2), 490-495. https://doi.org/10.1093/ajcn/72.2.490

Thakur, J. S. (2016). Association of obesity with agility and speed of university level kabaddi players. International Journal of Physical Education, Sports and Health, 3(2), 254-256. https://www.kheljournal.com/archives/2016/vol3issue2/PartE/3-2-57.pdf

Vasconcellos, M. B. D., Polycarpo, I. E. A. D. M., Santana, D. D. & Veiga, G. V. D. (2022). Mudanças na obesidade, comportamento sedentário e inatividade física, entre 2010 e 2017, em adolescentes. Journal of Physical education, 32, e3280. https://doi.org/10.4025/jphyseduc.v32i1.3280

Descargas

Publicado

20-12-2023

Cómo citar

Ferreira Lima, W., Bandeira Lima Valério, F. Évelin, Freire Moreira, C. D., Lima de Matos, I. M., Fuentes García, J. P., & da Silva Lima, S. B. (2023). Correlação entre agilidade e variáveis associadas à saúde em estudantes espanhóis. Cuerpo, Cultura Y Movimiento, 13(2), 75–89. Recuperado a partir de https://revistas.usantotomas.edu.co/index.php/rccm/article/view/9513